Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011
Skater Boy - Capítulo 16

 

Capítulo 16

 

Quando Tom acordou, no outro dia de manhã, a ressaca era tão grande que mal abriu os olhos viu o quarto a andar todo à roda, ficando com intensos vómitos que o fizeram correr para a sanita. Bill entrava no quarto no exacto momento em que o seu gémeo voltava da casa de banho, apoiando-se em tudo que era sítio para se aguentar em pé, e se deitava na cama.

 

Bill: como é que te sentes? – perguntou, adivinhando o que ele tinha e aproximando-se do irmão, sentando-se ao seu lado na cama.

 

Tom: mal… - gemeu, enterrando a cabeça na almofada ao sentir o efeito que a sua própria voz provocava na sua cabeça dolorida – dói-me a cabeça, o meu estômago parece uma máquina de lavar e acho que tenho febre.

 

Bill: é bem feito. Ninguém te mandou beber aqueles shots.

 

Tom: sim eu sei, mas por favor agora não Bill – pedinchou enterrando-se ainda mais na almofada e nos cobertores.

 

Bill: tu sabes muito. Agora deixa-me cá ver essa febre – disse, pondo a mão na testa de Tom – realmente estás um bocado quente. Eu vou lá a baixo ver se encontro um termómetro e qualquer coisa para tomares. Não saias daqui.

 

Tom: não me parece que consiga.

 

Bill: pois a mim também me parece que não – riu-se, abandonado o quarto logo de seguida.

 

(…)

 

Bill não sabia se a família Feuer tinha alguma coisa que o Tom pudesse tomar, nem onde estava o termómetro, por isso, sem outra alternativa e um bocado reticente, foi ter com Abigail, a única que se encontrava em casa, para além deles os dois.

 

Bill: ahh… - hesitou, chamando a atenção da rapariga - Desculpa estar-te a incomodar, mas tens alguns comprimidos bons para a ressaca e um termómetro?... É que o Tom ontem a noite excedeu-se – completou ao ver a expressão de interrogação na cara de Abigail.

 

Abigail: tenho, mas ele ainda bebeu assim tanto depois de eu sair? Vocês chegaram a casa pouco tempo depois de mim e quando eu saí ele parecia até bastante bem – disse a última parte com um pouco de cinismo, levantando-se, de seguida, e indo para a saída da sala, onde estava a ver televisão antes de Bill chegar.

 

Bill: não bebeu muito, mas bebeu coisas fortes e sim isso foi depois de tu teres saído, quando as coisas ficaram de pernas para o ar – disse, fingindo que não tinha entendido o segundo sentido da frase da loira, enquanto a seguia para fora da sala.

 

Abigail: tanto faz – fez-se de desinteressada, porque despreocupada era coisa que Abigail não estava. Ela estava a morrer de preocupação com o estado de Tom e de curiosidade por não ter percebido o que o Bill queria dizer com o “ ficaram de pernas para o ar” - tenho os comprimidos e o termómetro no meu quarto. Eu vou busca-los e tu vais buscar um copo de água à cozinha. Encontramo-nos à porta do vosso quarto.

 

Bill: ok.

 

Abigail foi para o segundo andar da casa e Bill fez o que a rapariga mandou, indo de seguida para o locar combinado, onde ela já se encontrava à sua espera, com as coisas que tinha ido buscar nas mãos.

 

Abigail: ele está bem? – perguntou, não conseguindo ficar mais tempo sem saber como ele estava.

 

Apesar do medo de voltar a ver o irmão a sofrer de novo pela rapariga, Bill já não consegui ver os dois apaixonadíssimos um pelo outro e a serem casmurros, por isso desistiu de proteger Tom e resolveu que estava na hora de os juntar.

 

Bill: porque é que não vais ver por ti própria?

 

Abigail: não sei… - disse reticente, olhando para os pés e contorcendo, nervosa, as mãos uma na outra.

 

Bill: sabes sim… Vai! – disse, passando-lhe o capo de água para as mãos e empurrando-a para dentro do quarto, depois de lhe abrir a porta – vocês precisam de falar.

 

Abigail: mas…

 

Abigail nem teve tempo para reclamar, porque Bill fechou-lhe, logo de seguida, a porta na cara.


Olá minhas queridas….

Desculpem mais uma vez a demora mas está complicado de conciliar a escrita da fic com a faculdade. Vou tentar ser mais rápida a postar.

Alguma de vocês sabe de alguém que faço layouts? É que como já devem de ter reparado este blog está sem nada. As raparigas que o fizeram fecharam o blog delas e olhem o que aconteceu… Fiquei sem layout :(

Este capítulo é para toda a gente que comentou e que não desistiu de mim.

 

Beijos**

 


Sinto-me: farta de estudar -.-'


Mais sobre mim...
Formspring
Twitter
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


Posts recentes...

Skater Boy - Capítulo 16

Skater Boy - Capítulo 15

Skater Boy - Capítulo 14

Skater Boy - Capítulo 13

Skater Boy - Capítulo 12

Arquivos...

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Pesquisa aqui...
 
Encomendas-Disney